Este é o segundo atentado palestino em uma semana, e felizmente, novamente fracassou. O atentado que ocorreu durante a madrugada não foi adiante por causa da prontidão dos soldados de fronteira de Israel.

Segundo a mídia em Israel, o palestino se aproximou de um posto de fronteira, o mesmo do antentado anterior na junção de Tapuach e começou a abrir fogo contra os soldados com uma arma de fogo.

Os soldados do Mishmar Hagvul, ou seja da Guarda de Fronteira perceberam o que estava ocorrendo e abriram fogo contra o palestino, o resultado da troca de tiro foi que um soldado foi ferido na perna mas está bem e o terrorista foi morto a tiros.

A incidência de atentados têm aumentado, o que demonstra o interesse palestino na violência ao invés de seguirem com negociações de paz, ontem, 02-06-2014 os palestinos apresentaram um governo de coalisão que já foi rejeitado pelo Governo de Israel que declarou que jamais se assentará nas mesas de negociações com membros do Hamas o grupo terrorista que prega o extermínio do Estado de Israel.

Com a proximidade das festas judaicas cresce o interesse palestino de levar casos de violência adiante, afim de abalar a moral da população de Israel e impedir o Povo de Israel de comemorar suas festas.

Ao mesmo tempo que cresce o interesse palestino pela violência, em Israel cresce o alerta das Forças de Defesa de Israel em todas as áreas e a prontidão dos responsáveis pela segurança dentro e fora do país.

Fonte: cafetorah.com

Comments are closed.