O conflito entre israelenses e os palestinos na Faixa de Gaza continua e parece estar a caminho de mais uma guerra.

As Forças de Defesa de Israel atacaram durante esta noite usando aviões da Força Aérea F15 contra alvos terroristas da organização terrorista Hamas na Faixa de Gaza, logo após disparos os de foguetes por parte dos terroristas. Nos últimos dias o disparo desde Gaza é contínuo e incessante contra o território israelense.

As principais metas do contra-ataque de Israel foram as bases de treinamento e os depositos de armamentos em aterros e outros locais de armazenamento de armas.

O IDF publicou em seu site uma nota de que está preparado para defender os cidadãos de Israel contra qualquer ameaça, e vai continuar a agir de forma decisiva e com as medidas necessárias até o retorno da paz e da rotina adequada.

O Estado de Israel não reconhece a autoridade do Hamas em Gaza, considera-o um grupo terrorista, porém independente de ser o Hamas que dispara ou não, vê o grupo terrorista como responsável por todo e qualquer ataque disparado de Gaza contra a Nação de Israel.

Os ataues se iniciaram desde o sequestro dos jovens em que os grupos terroristas aproveitaram a oportunidade para disparar ainda mais contra o Estado de Israel, Israel por sua vez não deixa de revidar a afronta de grupos terroristas.

Hoje pela manhã, o Ministro da Economia Yair Lapid esteve visitando as casas dos israelenses que foram atingidas no bombardeio dos palestinos, felizmente não houve da parte de Israel nenhuma baixa.

No setor diplomático, autoridades israelenses declararam que o Estado de Israel não tem interesse em um conflito diante de Gaza, mas que se a afronta palestina continuar, as Forças de Defesa de Israel estarão prontos para responder com toda força.

Caso o fogo disparado contra Israel continue ou aumente, poderemos ver mais um grande conflito que se sabe como começa mas não se sabe como termina.

Pelo que tudo indica, estamos a beira de um conflito.

Fonte: cafetorah.com.br

Comments are closed.