SUPERANDO OS DESAPONTAMENTOS

Leia Salmos 22.1-10 e reflita.

Clamaram a ti, e foram libertos; em ti confiaram, e não se decepcionaram. (Salmos 22.5)

Com frequência nossos maiores desapontamentos ocorrem quando as pessoas falham conosco, ou pelo menos quando nós sentimos que falharam. Pessoas podem nos ferir profundamente. Às vezes elas sabem que estão nos ferindo, mas outras vezes estão apenas fazendo o melhor que podem. Porém, qualquer que seja o caso, o nível de realização e de felicidade que experimentamos não pode depender de outras pessoas; deve depender de Deus.

É evidente que temos de confiar em outras pessoas para algumas coisas, e é doloroso quando elas não correspondem. No entanto, nosso sucesso supremo e nossa alegria não devem depender de pessoas. Não há por que prolongar o sofrimento que sentimos quando alguém faz ou deixa de fazer algo conosco, pois acima de tudo nossa recompensa está nas mãos de Deus.

Também ficamos desapontados quando acreditamos que fracassamos de alguma forma, talvez devido à falta de cuidado, ou mesmo após havermos empregado nossos melhores esforços. Mesmo quando temos de arcar com as consequências das escolhas erradas que fizemos, Deus continua do nosso lado (cf. Mq 7.8). Mesmo diante dos nossos piores fracassos, Deus age para o nosso bem, desde que nos humilhemos na sua presença.

Lembre-se desta verdade: erramos quando esperamos demais de nós mesmos, de outras pessoas e da vida – quando nossas expectativas deviam se concentrar em Deus.

ORAÇÃO
Senhor, só tu és o meu guia, meu companheiro, minha força e minha vida. Em tempos de grande desapontamento, me apegarei a ti. Recuso-me a permitir que o desapontamento encha minha mente, minhas emoções e se revele no meu semblante. Entrego a ti todos os detalhes da minha vida, até mesmo a dor que sinto no coração. Usa-a para me aperfeiçoar e para te glorificar. Obrigada por tua bondade infinita para comigo.

Fonte: devocionaldiáriodiantedotrono

Comments are closed.