“Nesses últimos tempos muitos estão nos deixando e isso nos faz refletir sobre a brevidade da vida.

Construíram seus castelos sobre a areia. Mas a onda da soberania de Deus subiu na praia deles e levou tudo para o fundo do mar.

Nunca podemos deixar Deus fora dos nossos planos. Porque somos ignorantes do futuro. Não sabemos o que vai acontecer amanhã. Somos limitados, finitos. Não somos oniscientes. Podemos e devemos fazer planos, mas nunca com arrogância, auto-suficiência, prepotência, ou autonomia. Ao contrário, deve nos levar a humanidade e dependência. Cada dia, cada momento. No momento em que Jesus tira sua mão sustentadoras das nossas vidas, paramos de respirar.

Nosso coração para de bombear sangue para nosso cérebro, tudo acaba”.

Renata Souza Rosa

Comments are closed.